• Bureau Digital

Resolução de imagem sem mistério

Atualizado: há 11 horas


Muito se fala sobre resolução de imagens e poucas pessoas conseguem entender o que é uma imagem digital e como é a sua manipulação. Seja porque aqueles que sabem não têm interesse em explicar, seja porque quem quer explicar não entende do assunto.


Agora, você vai aprender, de fato, o que é imagem digital, como ela é formada e como se dá a sua manipulação pelos programas de edição.


Comecemos pelo início: o elemento básico da formação da imagem digital.



O Pixel


É o elemento básico da composição de uma imagem digital, também conhecida como imagem bitmap ou imagem raster.


De formato retangular, o pixel é o elemento que torna possível a existência de todas imagens disponíveis no mundo digital. Sem ele, não teríamos como representar na tela do computador - ou de qualquer outro dispositivo - qualquer imagem.


Para entender bem do que se trata, imagine um retângulo com uma grande quantidade de retângulos menores, os quais você pode preencher como desejar até formar uma imagem. Estes pequenos retângulos (como mostra a figura abaixo) são os pixeis.




Comparando com o corpo humano, imagine um pixel como sendo uma célula, que é o elemento básico do nosso corpo. Elas se juntam para dar forma a cada órgão que possuímos e só podemos visualizá-las através de equipamentos de ampliação, como o microscópio. Do mesmo modo, só podemos ver o pixel que forma a imagem aproximando-a em vários níveis de zoom em programas de edição.



Qualidade de imagem


A qualidade de uma imagem é definida pela quantidade de pixels que a forma. Quanto mais pixels tem uma imagem maior será a sua qualidade. Então, se uma imagem possui 300 pixels de comprimento e 200 pixels de largura (300x200 px), ela tem, ao todo 60.000 pixels. Se outra imagem possui 1024x768 px, sua qualidade é de 786.432 px ou 78 Mb (Setenta e oito mega pixels), aproximadamente.

A figura "ABC" acima possui um tamanho de 330pixels.



A quantidade de pixels que formam uma imagem, ou seja, a quantidade de retângulos existentes em determinada área determina a sua qualidade e é chamado de resolução da imagem. Como os pixels formam a imagem, devemos pressupor que quanto mais pixels tivermos à disposição, melhor ou mais definida será essa imagem. Em tese, sim, pois nos acostumamos a ouvir dizer que uma imagem tem qualidade quando ela tem uma boa resolução.

Tome como exemplo a imagem abaixo. Ela tem 500x500 pixels de resolução e nela podemos ver todos os detalhes que formam o retrato.



Se diminuirmos a quantidade de pixels para 100x100 pixels teremos menos resolução e menos qualidade:


Note que os detalhes começam a diminuir e vamos perdendo a capacidade de perceber a foto tal qual ela era originalmente. Se diminuirmos ainda mais, veremos que o entendimento da fotografia começa a ficar comprometido.



O nível de detalhamento da imagem piora na medida em que eu diminuo a quantidade de pixels do meu quadro.

Com isso, concluímos que para uma imagem possuir qualidade ela precisa ter boa resolução. Em outras palavras, uma boa quantidade de pixels.



" Fique atento: quanto maior a resolução da imagem, mais informação o seu arquivo possui e maior será o seu tamanho em bytes



Existem padrões de imagens que determinam os níveis de qualidade e suas resoluções mais utilizadas e, para facilitar a comunicação, foram criados nomes:

SD – 640x480 pixels

HD – 1280x720 pixels

Full HD – 1920x1080 pixels

Ultra HD (4K) – 3840x2160 pixels

Ultra HD (8K) – 7680x4320 pixels


O arquivo digital pode ser usado tanto para uso nos próprios meios digitais como para meios analógicos, ou para os dois. O mesmo arquivo pode originar várias ações, dando origem tanto a um website como a um impresso gráfico ou um painel gigante para mídia de rua. Nestes casos, o arquivo digital será transformado em arquivo de impressão e, neste processo, outras dimensões devem ser levadas em consideração.

Resolução de imagem você já aprendeu o que é: trata-se da quantidade de pixels que forma a imagem bruta, o arquivo digital que a câmera fotográfica ou o scanner de luz produzem quando uma imagem é digitalizada. É uma informação virtual, sem parâmetro de medida. Um pixel pode ter qualquer tamanho e continuará sendo um pixel com a mesma informação digital.

Mas quando passamos para o campo da impressão vários parâmetros são usados para definir o fator de qualidade. Um desses parâmetros é a densidade, que é a quantidade de pontos dentro de uma medida específica. Essa medida, na sua grande maioria, é dada em polegadas e é aí que entra o famoso dpi (dots per inch) ou pontos por polegada - a medida de densidade padrão da impressão. Apesar de não ser o termo correto para isso, a palavra "resolução" foi incorporada pelo mercado como uma medida de densidade (a maioria das pessoas - inclusive os profissionais da área - se refere a medida de dpi como resolução).

O termo “resolução” tem a ver com a sensação de conforto visual. A distância da qual uma imagem será vista influencia diretamente na quantidade de dpi necessária para imprimi-la, de modo que o conforto visual seja mantido.


O tipo de substrato também influencia na necessidade de mais ou menos dpi´s. Para imprimir em tecidos, por exemplo, usar 300 dpi é um desperdício de tempo, de processamento e de espaço no seu HD, visto que o tecido não é uma superfície uniforme e não absorverá todos os pontos da impressão.


Relação entre dpi e distância de visualização


Para imprimir com qualidade a gráfica adota uma combinação entre resolução e tamanho da imagem impressa. A resolução é fixa em 300 dpi porque esses impressos são produzidos para serem visualizados sempre a uma distância próxima de 40 cm (distância de leitura) e em papeis de boa qualidade.

Na impressão digital essa distância varia constantemente, visto que são produzidos desde pequenos adesivos (pequenos arquivos) até grandes painéis para mídia exterior (arquivos muito grandes). Como os grandes paineis geram arquivos muito maiores é necessário equilibrar o tamanho destes arquivos com a qualidade final de impressão.


Para que se tenha um arquivo final com um tamanho possível de ser manipulado a distância de visualização é um fator muito importante para a escolha da resolução mínima necessária para manter o conforto visual.

De maneira geral, podemos dizer que, se o impresso com 300 dpi pode ser visto de 40 cm de distância, se dobrarmos a distância de visualização podemos dividir por 2 a resolução. Isso acontece porque as duas dimensões são inversamente proporcionais, ou seja, quanto maior a distância menor é a capacidade de vermos os pontos que formam a impressão.

Por exemplo, a uma distância de 1m seriam necessários apenas 120 dpi para manter a mesma qualidade de visualização.



As pequenas peças como banners, adesivos de vitrines, lonas para toldos, etc se encaixam nesta distância de visualização. Por esse motivo os profissionais do Bureau Digital geralmente orientam que os arquivos venham com 100 dpi no tamanho real. O valor de 120 dpi do exemplo acima é o indicado para este tipo de peça com uma boa margem de segurança.

O mesmo critério pode ser usado para descobrir a que distância uma imagem de 60 dpi pode ser vista, preservando o mesmo conforto visual. Neste caso, a distância seria o meu “X”:


Então, com 60 dpi garantimos uma boa qualidade até 2m de distância.

Caso você queira verificar se a imagem que você possui vai se adequar ao seu projeto, abra-a no Photoshop e vá no menu “image>image size” (imagem>tamanho da imagem). Desmarque a opção “Resample Image” (Reamostrar a imagem) para que o programa conserve os valores de pixels do seu arquivo.




Insira 60 no quadro “resolution” e veja os novos valores de Widht e Height. Eles são o comprimento e altura que sua imagem suportará sem perder a qualidade de visualização.



No exemplo acima a minha imagem só poderia ser impressa com 1,76m sem perder qualidade. Se você precisar de uma imagem maior desse mesmo arquivo, você poderia até se sentir tentado a fazer uma interpolação e aumentar a resolução usando os recursos do Photoshop, mas isso não é aconselhável, pois você criará um efeito esfumaçado no painel (mas isso é assunto para outro post).

Para facilitar a sua vida, colocamos na tabela abaixo alguns valores de referência e suas distâncias para o observador:




Alguns detalhes importantes valem ser lembrados:

Os valores acima valem para os arquivos criados no seu tamanho real;

O tamanho da imagem não importa para identificação da melhor distância. O que o designer deve ponderar é que, se o observador estiver a 20m a peça deverá ter um tamanho compatível com essa distância;

Nem todo painel gigante deve ter apenas 12 dpi ou menos. Às vezes, o cliente pode querer colocar um painel 9x3m na calçada da loja e, logicamente, o equilibrio entre resolução e tamanho do arquivo deve ser encontrado. Como parâmetro, 60dpi é uma ótima resolução para um painel tipo outdoor com visualização indoor;

Não se assuste com os baixos valores de dpi´s. Faça seu próprio painel com a menor resolução indicada e teste no zoom do editor o quanto você precisa estar próximo para começar a visualizar os pixels da sua imagem;

A partir de 20m o ganho no tamanho do arquivo dificilmente justificará diminuir mais ainda sua resolução.


O Photoshop oferece suporte para dimensões em pixels de até 300.000 por 300.000 pixels por arquivo de imagem. Essa restrição limita o tamanho da impressão e da resolução, mas você pode usar o "image size" para ajustar estes parâmetros.


Esperamos que este artigo ajude no seu processo criativo e colabore para facilitar a geração dos seus próximos arquivos de impressão.

Um forte abraço à todos

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo